Turismo espacial: uma realidade

 Em Notícias

Quando o multi-milionário Dennis Tito, empresário da Califórnia decolou a bordo de um foguete russo em 2001 para se tornar o \”primeiro turista espacial\”, a rede BBC declarou a viagem um marco na história, a inauguração de uma nova era das viagens espaciais turisticas.

Quanto custa um bilhete para o espaço?

Dennis Tito pagou na época US$ 20 milhões para sua viagem espacial, com direito a uma semana hospedado na Estação Espacial Internacional (ISS).

Aos 60 anos, voou com dois cosmonautas, Musabayev Talgat e Baturin Yuri, a bordo de um foguete russo Soyuz TM-32.

O que já se sabe, é que daqui em diante muitas pessoas seguirão os passos de Tito. Mas não foi fácil: a NASA inicialmente se opos, dizendo que a presença de um amador a bordo, poderia pôr em perigo a segurança da tripulação.

A contra-partida surgiu das autoridades russas, que insistiram que Tito recebeu o mesmo treinamento para os profissionais que vão ao espaço, e que sua principal função era ficar fora do caminho da tripulação, seguindo as normas gerais e sabendo como agir em uma emergência.

O que fez Tito em sua viagem?

O porta-voz da Agência Aeroespacial Konstantin Kreidenko Rússia disse à Associated Press em bom russo: \”O Tito turístico apenas sentar e assistir.\”

No entanto, Tito negou ser um passageiro. Ele disse ter feito a missão mais para preparar o caminho para o futuro do turismo espacial e viagens de lazer em órbita.

Tito disse em uma entrevista que ele queria liderar a corrida em órbita para artistas, músicos, escritores e outros profissionais criativos.

Eu não acho que ninguém percebe o quão belo é o espaço\”, completou.

E quanto ao turismo espacial comercial?

Graças a aventureiros como Tito, o turismo espacial é uma realidade. Depois dele, mais 7 pessoas subiram ao espaço pelo mesmo caminho.

Uma delas, por duas vezes. E agora que o plano para voos sub-orbitais definitivamente barateou, empresas como a Virgin Galactic tem hoje mais de 450 pessoas na fila de espera.

A XCOR promete o mesmo voo pela metade do custo. Outros players estão nascendo, abrindo uma infinidade de opções aos voos espaciais. A Agência Marcos Pontes do Brasil está com as reservas abertas aos primeiros turistas espaciais brasileiros e deseja fazer parte desta história.

Posts Recentes

Deixe um comentário